Dia Mundial da Propriedade Intelectual | 26 de Abril

18-05-2017

Quando falamos de propriedade lembramo-nos sempre de coisas materiais, mas uma boa parte da nossa riqueza não se resume a bens materiais ou dinheiro. Os bens imaterias são importantes e definem a cultura de um povo. Partilhamos nesta pequena mostra o cante alentejano e o fado, duas manifestações culturais do nosso rico património agora elevado a património mundial. Uma das características de ambos é que são tradições em permanete atualização e releitura. Cada geração inova a tradição de forma criativa, contribuindo assjm para a revitalização e manutenção da tradição. Nesta mostra quisemos apresentar um pouco da nova geração de fadistas que representam Portugal, tornando o fado uma world music. A internacionalizar-se está também o cante alentejano. Este saiu dos campos do Alentejo para invadir os mosteiros, os palácios, as ruas das cidades, as escolas. 

Valorizar a nossa cultura é um direito e um dever de todos nós!